"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto
05
Out 12
publicado por Moscardo, às 23:30link do post | comentar

 

O homem torna-se Homem ao encarar a morte. E nasce a religião...

... esta consciência da mortalidade é, do mesmo modo, a coisa mais dolorosa e a mais perturbadora que jamais vivemos e devemos, portanto, encontrar-lhe uma explicação. Freud pensava - e eu concordo com ele neste ponto - que a religião é, em primeiro lugar, uma tentativa de dominar as consequências desta certeza. Ao ter ideias claras sobre o lado efémero da nossa existência, aproximamo-nos da verdadeira natureza humana.

Stephen Jay Gould, O Livro dos Saberes


mais sobre mim
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
16
17
19
20

21
22
24
25
27

29
30


pesquisar neste blog
 
Sitemeter
Google Analytics
blogs SAPO