"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto
09
Nov 12
publicado por Moscardo, às 01:00link do post | comentar

 

   Ao ler um artigo ou ver uma reportagem, pergunto-me sempre: que interesses serve a pessoa que o concebeu? Como muitas outras áreas profissionais, o jornalismo está decadente. Tem sido destruído com o desgaste dos valores deontológicos, com a perda do rigor, da investigação, da objectividade, com a omissão de notícias que verdadeiramente interessam à população. Destrói-se despedindo profissionais competentes e contratando garotos que mal sabem escrever, e pouca preocupação têm com a veracidade dos factos. O triunfo da Internet, com todas as virtudes que apresenta, contém, simultaneamente, informação dispersa, distorcida e duvidosa, que muitas vezes serve de base a artigos noticiosos. Também é amplamente reconhecido, hoje, que qualquer orgão de imprensa pode servir sobretudo os interesses de grandes grupos económicos, qual oligarquia. A liberdade de imprensa torna-se então um conceito vago, ilusório e as próprias referências sociais e humanas que tínhamos e podíamos assumir como verdadeiras, esboroam-se aos nossos pés. A destruição deste suporte cultural é perigoso para a nossa construção, enquanto seres pensantes, precisamente porque prejudica o caminho do conhecimento, tornando-nos acríticos ou, em alternativa, sem qualquer capacidade de inferir uma opinião fundamentada sobre os acontecimentos que nos rodeiam.


mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
Sitemeter
Google Analytics
blogs SAPO