Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Delírio do Moscardo

"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto

Delírio do Moscardo

"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto

09.Nov.12

Jornaleiros do Quarto Poder

 

   Ao ler um artigo ou ver uma reportagem, pergunto-me sempre: que interesses serve a pessoa que o concebeu? Como muitas outras áreas profissionais, o jornalismo está decadente. Tem sido destruído com o desgaste dos valores deontológicos, com a perda do rigor, da investigação, da objectividade, com a omissão de notícias que verdadeiramente interessam à população. Destrói-se despedindo profissionais competentes e contratando garotos que mal sabem escrever, e pouca preocupação têm com a veracidade dos factos. O triunfo da Internet, com todas as virtudes que apresenta, contém, simultaneamente, informação dispersa, distorcida e duvidosa, que muitas vezes serve de base a artigos noticiosos. Também é amplamente reconhecido, hoje, que qualquer orgão de imprensa pode servir sobretudo os interesses de grandes grupos económicos, qual oligarquia. A liberdade de imprensa torna-se então um conceito vago, ilusório e as próprias referências sociais e humanas que tínhamos e podíamos assumir como verdadeiras, esboroam-se aos nossos pés. A destruição deste suporte cultural é perigoso para a nossa construção, enquanto seres pensantes, precisamente porque prejudica o caminho do conhecimento, tornando-nos acríticos ou, em alternativa, sem qualquer capacidade de inferir uma opinião fundamentada sobre os acontecimentos que nos rodeiam.