"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto
29
Mar 13
publicado por Moscardo, às 16:00link do post | comentar

 

   Isaac Newton percebeu melhor do que ninguém as limitações da perspectiva mecanicista e reducionista da economia. Logo depois de ter perdido grande parte da sua fortuna com a crise especulativa dos Mares do Sul, em 1720.

 

 

Newton, por William Blake

24
Mar 13
publicado por Moscardo, às 22:00link do post | comentar

 


publicado por Moscardo, às 20:00link do post | comentar | ver comentários (1)

 

   Recordem-se as previsões de Vítor Gaspar, dos principais indicadores macroeconómicos, para 2013.

 

Previsão de Maio de 2011
PIB: +1,2%
Desemprego: 13,3%
Défice: 3%
Dívida: 115,3%

 

Valor real em 2012
PIB: -3,2%
Desemprego: 15,7%
Défice: 6,6%
Dívida: 123%

 

Novas previsões
PIB: -2,3%
Desemprego: 18,2%
Défice: 5,5%
Dívida: 122,4%

 

 

Patético, no mínimo.


20
Mar 13
publicado por Moscardo, às 01:00link do post | comentar

 

Em todas as ruas te encontro
Em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto, tão perto, tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
Em todas as ruas te perco...

 

 

Mário Cesariny


11
Mar 13
publicado por Moscardo, às 23:00link do post | comentar

 


03
Mar 13
publicado por Moscardo, às 14:30link do post | comentar

 

     Viagem ou vida, chegamos sempre aqui. Como se estivéssemos no alto de uma montanha, podemos olhar em volta. Aqui é o lugar onde tudo acontece. Há serenidade nesta certeza. Tens o dever livre de aproveitá-la.
     Se estás a ler estas palavras é porque estás vivo.

 

 

José Luís Peixoto, Dentro do Segredo: Uma Viagem na Coreia do Norte


publicado por Moscardo, às 14:00link do post | comentar

     Interessante, a obra Dentro do Segredo, de José Luís Peixoto. A concretização real de ideias ou lugares literários como a caverna de Platão ou do famoso 1984 de Orwell. O autor traça um retrato cru da Coreia do Norte, dominada por um dos regimes mais fechados do mundo, e um mundo só por si, relatando a viagem de 15 dias que fez pelo país. Começa pelas origens. Toda a península coreana esteve subjugada pelos japoneses nas décadas iniciais do séc. XX, época em que a população sofria as piores humilhações e atrocidades. A derrota do Japão na 2ª Guerra Mundial vem alterar o cenário geopolítico da região, criando uma divisão que ainda hoje persiste, o paralelo 38. O norte fica sob a influência política do comunismo soviético, enquanto o sul é controlado pelo capitalismo americano. Deste ponto em diante, a Coreia do Norte é consecutivamente liderada por "queridos líderes", "generais sempre vitoriosos", "sóis da humanidade". As linhas gerais do regime defendem a auto-determinação, a independência política, a auto-suficiência económica. Sempre houve uma boa dose de ironia nas ditaduras de base comunista. Na prática, recorrem ao exército como a força mais básica de controlo social, usam o culto e divinização da personalidade, dinamizam grandes eventos onde o fogo de artifício é preponderante, onde inesperadamente ofusca. Aqui mesmo, a população vive ignorante e na miséria, julgando que nada existe além do horizonte, numa felicidade e orgulho artificiais. Aqui mesmo, um estrangeiro não pode fotografar, filmar, levar telemóvel, levar obras musicais ou literárias (D. Quixote entrou clandestino), publicar qualquer registo do que viu. Também não pode andar sozinho na rua, não vá contaminar os locais com ideias reaccionárias.
     No fundo, todo o país é como o restaurante giratório do hotel de Pyongyang: não gira, nem no espaço, nem no tempo.

 

 


mais sobre mim
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

25
26
27
28
30

31


pesquisar neste blog
 
Sitemeter
Google Analytics
subscrever feeds
blogs SAPO