"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto
02
Ago 12
publicado por Moscardo, às 22:00link do post | comentar

   Há uma história taoísta de um velho fazendeiro que trabalhou as suas colheitas por muitos anos. Um dia, o seu cavalo fugiu. Ao ouvir a notícia, os seus vizinhos vieram-no visitar.

    "Que azar!", disseram simpaticamente.

    "Veremos", respondeu o fazendeiro.

    Na manhã seguinte, o cavalo retornou, trazendo com ele três outros cavalos selvagens.

    "Que maravilha!", exclamaram os vizinhos.

    "Veremos", respondeu o velho.

    No dia seguinte, o seu filho tentou montar um dos cavalos não domados, foi lançado, e quebrou a perna. Os vizinhos novamente vieram oferecer a sua simpatia por tamanho infortúnio.

    "Veremos", respondeu o fazendeiro.

    No dia seguinte, oficiais militares vieram à aldeia fazer o recrutamento de jovens para o exército, e passaram ao lado do filho do fazendeiro, ao ver que este tinha a perna quebrada. Os vizinhos felicitaram o fazendeiro pelo rumo que as coisas tomaram.

    "Veremos", disse o agricultor.


mais sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24

27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
Sitemeter
Google Analytics
blogs SAPO