"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto
07
Jun 17
publicado por Moscardo, às 22:00link do post | comentar

 

Minha paixão, minha loucura!
Que faço da vida sem ti?
Cada dia parece um passo,
Certo e vagaroso,
Rumo ao eterno crepúsculo

 

Que faço eu com este amor,
Tão permanente quanto um rochedo?
Volta para mim, minha deusa
Escrevo-te a mais bela elegia
O mais perfeito dos sonetos!

 

tags:

mais sobre mim
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



29
30


pesquisar neste blog
 
Sitemeter
Google Analytics
blogs SAPO