Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Delírio do Moscardo

"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto

Delírio do Moscardo

"devagar, o tempo transforma tudo em tempo. o ódio transforma-se em tempo, o amor transforma-se em tempo, a dor transforma-se em tempo." José Luís Peixoto

10.Jul.12

O Escriba Acocorado

Moscardo
 Sentado na pedra de ti próprio,não tens rosto, senão o que,de anónimo, a ela afeiçooua mão que assim te quis. Do resto,do que de individualidade, porventura, em ti existiria, se encarregoua persistente erosão dos dias. De vago,neutro olhar sem órbitas, permaneceshirto, fitando sempre mais alémda morna penumbra que te envolve no halo intemporal que é, do tempo,o nexo único. Nesse olharde não ver tudo se inscreve,repensa e adivinha: teus limitese, ainda, o que excederia tua humana